Bem vindos ao Blog dos Longboarders portugueses

sábado, 20 de dezembro de 2008

BOAS FESTAS Aos Longboarders!!!


Amigos e amigas longboarders!! Bom Natal e feliz ano novo, que seja um ano cheio de ondas boas, sol, calor, e muita praia!!! E já agora que o circuito volte, para nos encontrarmo-nos mais vezes ao longo do ano!! ALOHA to all!!!

domingo, 14 de dezembro de 2008

Eurico Gonçalves Campeão Nacional de Longboard 2008- Ben Skinner Vence outra vez em São Pedro- Rémi Arauzo Campeão do Circuito Europeu ETL 2008


Eurico Gonçalves é o novo Campeão Nacional de Longboard 2008

Eurico Gonçalves é o novo Campeão Nacional de Longboard 2008

Através de uma boa a excelente prestação na derradeira etapa do Estoril Classic 2009, no seu heat de consagração realizou o tubo do dia...em ondas de metro a metro e meio em Santo Amaro de Oeiras, que se vestiu de gala para a consagração dos vencedores!


PARABÉNS AO NOVO CAMPEÃO NACIONAL - O soul surfer da Figueira da Foz, Eurico Gonçalves!!

De salientar que o vice-campeão Nacional de Longboard é o jovem de 18 anos João "furas" Veríssimo de Faro, a ele parabéns também, quer por este resultado bem com o vice-campeão do EuroJunior que se realizou em Marrocos, onde a nossa selecção ficou num honroso 2º Lugar da geral!!
Podendo com isto abrir as mentes mais fechadas face ao Longboard, que os jovens que fazem bem surf, também surfam de longboard com qualidade!

A repetir o feito do ano de 2007, o Inglês Ben Skinner venceu a final com muita classe e altas manobras, como nos habitou nos últimos tempos... Parabéns ao Ben Skinner!!!


Nas contas finais do European Longboard Tour quem foi declarado vencedor foi o francês Rémi Arauzo, ficando com o título de campeão Europeu. Parabéns Rémi Arauzo!!

Nunca é demais parabenizar a realização deste evento, que esteve a cabo do Surfing Clube de Portugal - São Pedro do Estoril, sob o comando do João Ferreira, seu presidente e restante equipa!!!

ALOHA
(Em actualização)

quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Manuel Dantas vence Intersócios de São Pedro, e boas ondas.


Manuel Dantas foi o grande vencedor da etapa na modalidade de Longboard. Foto: Magic Moments

Terminou na passada 2ª feira (8 de Dezembro) na praia de S. Pedro, a III Etapa do Circuito Intersócios SCP 07/08, disputado nas modalidades de Longboard, Surf Open, Surf Sub-16 e Surf Masters. As ondas estiveram com cerca de um a dois metros.

A presença de vários atletas do circuito nacional de Longboard como Eurico Gonçalves, Pedro Casqueira e Manuel Constantino permitiu assistir-se a momentos de excelente nível de longboard.

No longboard Manuel Dantas, João Miguel Ferreira, Tiago Magro e Frederico Ferreira disputaram a final com performances de bom nível e pontuações elevadas. Manuel Dantas acabaria por levar a melhor numa bateria muito disputada, só decidida bem perto do fim.

Apoios: Câmara Municipal de Cascais, Junta de Freguesia do Estoril, Hurley, Pizzeria Bar/Esplanada Praia de S. Pedro, Restaurante/Bar Enseada, Folha, MagicMoments, Sportv, Colónia Balnear O Século, Federação Portuguesa de Surf e European Surfing Federation.

Fonte: www.surftotal.com

sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

EUROJUNIOR 2008 Marrocos- Atleta Português João Verissímo "FURAS" de Faro já está na final



Furas em grande estilo para mais uma ronda.
Foto retirada do site http://www.eurojunior2008.com


No decorrrer do Eurojunior, o atleta de Faro (Algarve), João verissímo "FURAS" já se encontra na Final do EuroJunior de Longboard, tendo passado todas as suas baterias com nível e estilo.


A ele continuação de boas prestações....e que traga o troféu.


ALOHA

Para acompanharem a prova em directo cliquem aqui: http://www.eurojunior2008.com/ e apoiem os novos valores portugueses!

INTERSÓCIOS São Pedro do Estoril- este Sábado- Praia de São Pedro do Estoril.

Vai decorrer amanhã a etapa do circuito regional INtersócios, do Surfing Club de Portugal, São Pedro do Estoril.


Mais informações /Inscrições: contactar João Ferreira: 919661659

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

(ERRATA) III EDIÇÃO ESTORIL SURF FESTIVAL COM ÚLTIMA ETAPA DO EUROPEU E NACIONAL DE LONGBOARD


Notícia retirada do blog: portugalsurfspots.blogspot.com

III EDIÇÃO ESTORIL SURF FESTIVAL COM ÚLTIMA ETAPA DO EUROPEU E NACIONAL DE LONGBOARD

A VI e última Etapa do Campeonato da Europa de Longboard, integrada na III Edição do Estoril Surf Festival, será nos dias 13 e 14 de Dezembro, onde os melhores surfistas europeus marcarão presença naquele que é considerado um dos melhores spots nacionais para a prática da modalidade.

Durante dois dias os melhores surfistas da Europa estarão na praia de São Pedro do Estoril, para disputar a sexta e última etapa do European Longboard Tour (ELT). Um circuito que vai na sua segunda edição sob a égide da European Surfing Federation (ESF). Esta etapa de quatro estrelas, é a mais importante das seis que compõem o calendário, pois atribuirá o título de Campeão do ELT.

Com um total de premiação de 5.000 euros, a mais antiga instituição de surf do país, volta a montar na sua praia um grande evento internacional, numa onda considerada de qualidade internacional para a prática da modalidade. Foi esta onda que no ano passado coroou o britânico Ben Skinner como o primeiro Campeão do Circuito Europeu de Longboard, com uma impressionante onda de 10 pontos, nota máxima na escala de avaliação.

- II Etapa do Campeonato Nacional de Longboard nos dias 13 e 14 de Dezembro, os melhores surfistas nacionais como Miguel Ruivo, Bruno Grandela, Luís “Lufi” Bento ou Diogo Gonçalves disputarão o título de Campeão Nacional de Longboard, e terão a oportunidade de medir forças com os melhores atletas europeus como Romain Maurin (FRA), Eduardo Bage (BRA), Ben Skinner (BRI) ou o actual Vice-Campeão Mundial de Longboard, Antoine Delpero (FRA).

“O circuito Europeu de Longboard volta a terminar na praia de S. Pedro, facto que será de grande importância para a divulgação da modalidade”, refere João Ferreira, Presidente do SCP. “Este foi um ano muito importante para o Surfing Clube de Portugal, onde comemoramos 30 anos de existência, consolidámos o Estoril Surf Festival, e onde alavancámos o sonho de ter uma etapa do Circuito Mundial de Longboard em S. Pedro. Durante esta edição do Estoril Surf Festival, vamos apresentar muitas surpresas, e o SCP continuará a deixar a sua marca em termos desportivos e sociais na região”, salienta o responsável pelo SCP.

LINK da notícia:http://portugalsurfspots.blogspot.com/2008/11/iii-edio-estoril-surf-festival-com.html


ERRATA da notíca: Ao contrário que a notícia relata, os longboarders LUFI e Bruno Grandela, NÃO podem revalidar nenhum dos títulos já alcançados pelos mesmos, na medida em que de acordo com o Ranking Português não figuram, pelo que não entram na luta pela conquista.

Os longboarders que estão pela luta do título Nacional de 2008 são de acordo com o Ranking da FPS: (clica para o ranking total)

nº nome Clube Fed. Nº Faro

1

Eurico Gonçalves

ESC

635

999



2

Miguel Ruivo

SCP

28

900



3

Diogo Gonçalves

SCP

4146

810



3

João Verissimo

CSF

4778

810



3

Pedro Casqueira

ABFM

5113

810



6

Carlos Ribeiro

SurfJah

6106

720



6

Luis Esteves

CSF

5141

720



6

Manuel Constantino

ASCC

2132

720



6

Manuel Mestre

CSF

681

720



6

Miguel Ferreira

WCP

1151

720



11

João Ventura

CSF

5135

648



11

José Marcos

CSP

46

648



11

Luís Ferreira

ASCC

3119

648



11

Manuel Dantas

SCP

4218

648



11

Paulo Ferreira

ASCC

1774

648



11

Pedro Silva

ASCC

5306

648



11

Pedro Vale

WCP

7327

648



quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

SURFTOTAL- Entrevista actual número UM Nacional: Eurico Gonçalves (Soul Man)

O Site www.surftotal.com realizou uma entrevista ao Soul man da Figueira da Foz, Eurico Gonçalves, actual número um do Circuito Nacional de Longboard, que reproduzimos aqui na íntegra.


Fonte: Surftotal.com




EURICO GONÇALVES
02-12-2008 -
Foto: www.joaobracourt.com

"O longboard já teve melhores dias em Portugal, com circuitos bem mais atractivos do ponto de vista financeiro. Neste momento estamos um pouco reféns do surf e do que sobra, lá vamos andando o melhor que sabemos e podemos."



Nome?
Eurico Gonçalves

Local?
Coimbra

Idade ?
39

Anos de Surf ?
Desde 85.

Quiver?
9’ Matt Yerxa “Snow model”

Porque escolheu praticar Surf /Bodyboard?
Ainda não sei bem se fui eu que escolhi o surf ou foi o surf que me escolheu a mim.

Patrocínios?
Nine Plus e Boardculture

Outros desportos que goste de praticar?
Pesca submarina, Golf e Poker

Tem treinador?
Não.

Pratica algum desporto complementar?
Swiss ball.

Quais os seus objectivos a curto prazo relacionados com a surfada?
Surfar o mais que possa...

Viagens que fez e gostaria de fazer?
Em J Bay, confeccionei caldeiradas de peixe para o “Da Cat”.
Em Puerto Escondido, deram-me nota 10 num tubo.
Comi deliciosos mexilhões em Raglan.
Vi o Portugal vs Angola no mundial da Alemanha, em Nias.
E mais uma lista de infindáveis estórias por esse mundo fora.
Mas nunca fui ao Havai.

Manobra preferida:
Tubos e Hang ten’s

Pico preferido:
Mina, Puerto Escondido.

Estudos:
Frequência universitária (curso de Direito inacabado)

Profissão:
Empresário/Treinador de Surf

Maior Susto:
Chegar ao Cabedelo em pleno inverno, estar 2,5 perfeito, ninguém na água, uns tubos do fim do mundo, abrir a mala do carro e ver que o fato tinha ficado em Coimbra...

O que acha do Surf como desporto?
O surf é um desporto individual, e como tal serve acima de tudo como fonte de prazer. Mas, se for bem orientado, o surfista pode tornar-se num atleta de alta competição e fazer vida disso.

Qual a importância para o surf português após a entrada do “Saca” no WCT?
É o exemplo pratico daquilo que disse anteriormente. É possível ser-se surfista profissional hoje em dia.

Mensagem a deixar?
Sejam felizes e acreditem em vocês, pois essa é a chave para o sucesso.

Mestre de estilo:
Constantino Borges, Chico Zé, António Bertier, Zé Biscaia, Gonçalo Cadilhe, Miguel Ruivo, Bubas, Tiago Oliveira, Zé Menezes e Miguel Fortes.

Opinião sobre o estado destes desportos (Longboard, Surf e Bodyboard) em Portugal?
O longboard já teve melhores dias em Portugal, com circuitos bem mais atractivos do ponto de vista financeiro. Neste momento estamos um pouco reféns do surf e do que sobra, lá vamos andando o melhor que sabemos e podemos.
Aqui é de louvar o trabalho (Necas e do Didi) do Surf Clube de Faro e também do Surfing Clube de Portugal (João Ferreira, Tiago Magro, Manel Dantas), que se mostram incansáveis na organização de campeonatos de longboard de grande qualidade.
Depois um grande bem-haja a todos aqueles que acreditam no longboard nacional.
O surf, em si, está uma grande confusão.

Uma surfada memorável que tenhas dado?
Num sábado, no dia do casamento do meu amigo Zézé da Nazaré, na Mina, 10 pés sólidos de tubos ocos em que mandei um tubo que ainda trago na, memória. Foi sem espinhas, de uma ponta à outra.

Um site na internet que recomendes?
www.surftotal.com
http://longboardtour.blogspot.com
http://www.flickr.com/photos/batrakio/

sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Campeonato de Surf em vila do Conde- Dezembro


Já está online o site dos surfers VC, e data do Campeonato de Surf de Vila do Conde, no início de Dezembro.


Para mais e melhores notícias, fotos, entre outros podes consultar o site: http://www.surfersvc-open.pt.vu/


Aloha

domingo, 9 de novembro de 2008

BONGA PERKINGS (HAWAII) - Campeão do Mundo de LONGBOARD 2008

Fonte: www.aspworldtour.com

SlideShow da Surfer-The MAG



Bonga Perkins Wins Oxbow World Longboard Tour, Takes ASP WLT Title




The Association of Surfing Professionals (ASP) World Longboard Tour (WLT) crowned Bonga Perkins (HAW), 36, the 2008 ASP World Longboard Champion at the Oxbow World Longboard Tour event at San Onofre State Beach over fellow finalist Antoine Delpero (FRA), 23. This year’s title is Perkins’ second ASP World Longboard Championship, with the other win coming in 1996.


Mais videos do WLT de San Onofre-USA aqui neste canal do youtube.com


The Oxbow World Longboard Tour sponsors two ASP WLT events, with the top seed at series’ end claiming the title of ASP World Longboard Champion. The other stop on ASP WLT is held in Anglet, France.

Perkins proved to be unstoppable throughout the event’s entirety and defeated Delpero 16.95 to 13.90 in the Final. The 2008 ASP World Longboard Title came down to the wire, with both surfers having to win the event in order to earn longboarding’s top honors, but it was Perkins who jumped out to an early lead in the Final, holding his lead throughout the heat.

“I’ve been bridesmaids and thirds and fourths so many times now and I was hoping that my second title would come soon before I bow out,” Perkins said. “I can’t event speak, I’m blown away right now.”

Perkins, who entered the Oxbow World Longboard Tour event rated third, issued powerful rail-to-rail surfing throughout the contest, consistently compiling some of the highest heat totals. The Hawaiian did the same in the Final, netting two eight-point rides in the opening minutes of his heat.

“I’ve been doing it almost every heat, trying to sneak a couple in and get a couple under my belt, and they ended up being my stronger waves every heat,” Perkins said. “That 30 minute heat felt like a long time. I felt like I was holding my breath.”

Despite his amazing performance throughout the contest, Delpero was unable to put a stop to the polished Hawaiian veteran. Delpero’s second place finish at San Onofre State Beach also puts him at No. 2 in the world behind Perkins.

“I just could not find a wave in that heat,” Delpero said. “I would have liked to win, but that’s life, that’s competition."

Delpero proved why he was rated ASP WLT No. 2 entering the contest, as he was a force to be reckoned with from Round 1. The young Frenchman combined style and grace in all of his heats with massive sweeping cutbacks and long noserides.

“I feel good,” said Delpero after his Quarterfinals heat victory. “I’m happy with the way that I surfed in that heat. I feel like that was the first time that I have surfed to my potential in this entire event.”

Ned Snow (HAW), 23, who finished equal third at the Oxbow World Longboard Tour, was on fire throughout the contest and was responsible for posting the only perfect 10 point score. Snow defeated the ASP WLT ratings leader entering the Oxbow World Longboard Tour event, Harley Ingleby (AUS), 25, and 2006 ASP World Longboard Champion Josh Constable (AUS) on the way to his Semifinals berth.

“I really want to help bring the title back to Hawaii,” Snow said. “That’s where surfing started and I feel like for many years it has been overlooked. With Bonga (Perkins) still going and myself, I wanted to help him bring the title back to Hawaii.”

Alex Salazar (BRA), 48, who was also a standout throughout the event, ousted top performers such as Joe Aaron (USA) 17, and Matthew Moir (ZAF), 31, on the way to his Semifinals finish. Unfortunately for Salazar, he was unable top Delpero in the Semifinals.

“This event means so much to me.” Salazar said. “This contest is really important to my whole country and I’m glad I could compete in it.”

The Oxbow World Longboard Tour event at San Onofre State Beach marked the last event for the 2008 ASP WLT and the Oxbow World Longboard Tour will be back again in 2009. For all of the event’s photos and news log on to www.oxbowpro.com


Oxbow World Longboard Tour Final Results:
1 - Bonga Perkins (HAW) 16.95
2 - Antoine Delpero (FRA) 13.90

Oxbow World Longboard Tour Semifinals Results:
SF 1:
Bonga Perkins (HAW) 16.20 def. Ned Snow (HAW) 14.00
SF 2: Antoine Delpero (FRA) 17.65 def. Alex Salazar (BRA) 14.25

Oxbow World Longboard Tour Quarterfinals Results:
QF 1:
Bonga Perkins (HAW) 16.75 def. Timothee Creignout (FRA) 13.00
QF 2: Ned Snow (HAW) 16.35 (HAW) def. Eduardo Bage (BRA) 13.00
QF 3: Antoine Delpero (FRA) 16.85 def. Josh Baxter (USA) 14.25
QF 4: Alex Salazar (BRA) 15.65 def. Matthew Moir (ZAF) 14.00

Oxbow World Longboard Tour Round 4 Results:
Heat 1:
Timothee Creignout (FRA) 13.00 def. Colin McPhillips (USA) 9.10
Heat 2: Bonga Perkins (HAW) 16.10 def. Jared Neal (AUS) 10.70
Heat 3: Eduardo Bage (BRA) 16.25 def. Jaime Viudes (BRA) 13.50
Heat 4: Ned Snow (HAW) 18.75 def. Harley Ingleby (AUS) 14.55
Heat 5: Antoine Delpero (FRA) 14.35 def. Bryce Young (AUS) 13.50
Heat 6: Josh Baxter (USA) 13.40 def. Romain Maurin (FRA) 11.30
Heat 7: Alex Salazar (BRA) 14.00 def. Joe Aaron (USA) 10.50
Heat 8: Mathew Moir (ZAF) 16.10 def. Taylor Jensen (USA) 15.85

sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Oxbow World Longboard Tour finishes Rd 2 in clean surf (SurfersVillage.com)

Oxbow WLT San Clemente




Alex Salazar : photo ASP Rowland/Covered Images





Oxbow WLT

ASP World Longboard Tour Event #2
San Onofre, San Diego California
5 - 9 November 2008

Live Scoring | Results/Photos/Videos etc

Locals Flare in Round 2 of Oxbow World Longboard Tour at San Onofre State Beach

Surfersvillage Global Surf News, 6 November, 2008 : - - San Clemente -- The Association of Surfing Professionals (ASP) World Longboard Tour (WLT) kicked off the second day of competition at San Onofre State Beach in one-to-three foot (1 metre) conditions. Today’s action saw local event trialists such as Steve Newton (USA), 23, and Joe Aaron (USA), 17, eliminate some of the ASP WLT’s top performers in Round 2, while fellow San Onofre State Beach local Tom Lloy (USA), 22, compiled the highest heat total of the day.

The Oxbow World Longboard Tour at San Onofre State Beach marks the last of two events held on the ASP WLT, with the series’ top seed taking this year’s prized title of 2008 ASP World Longboard Champion.

Newton, who entered the main event by advancing through two trials heats, issued the upset of the day by defeating ASP WLT No. 5 Carlos Bahia (BRA). The San Clemente local hopes to compete on the ASP WLT next year and feels that the heat victory shows that he can contend with the world’s best.

“I live in San Clemente and this means everything to me,” Newton said. “I want to do the tour next year, if there is a tour in France, so this result means everything to me.” Newton amassed an impressive heat total of 15.25 out of 20 to defeat the Brazilian longboarding star with a combination of smooth turns and classic noseriding.


Josh Constable : photo ASP Morris/Covered Images

“We were actually thinking about holding it off today,” Newton said. “All of a sudden when we were making the call some sets started rolling through and I just got really fortunate with the waves in my heat.” The progressive longboarder knows that he has a tough road ahead, as he will continue to face the event’s top seeds due to his entrance into the event as a trialist. Newton will tackle current ratings leader Harley Ingleby in Round 3.

“I’m psyching right now,” Newton said. “I think I’m the lowest seed in the event because I got in as a trialist, so I might have to surf against Harley (Ingleby) in Round 3 and he’s a really good competitor.” Aaron, who was also a local trialist, eliminated Australian Jackson Close (AUS) in a tight heat to advance into Round 3 and was fired up with his result. The young Dana Point native had several long noserides in his heat to claim the win.

“For me, I was stoked to even be in this contest,” Aaron said. “I actually got in through the trials. To get in from the trials and get this far is huge for me. I live about 10 minutes away and I surf here most of the time so I’m happy to be in the event.”

Aaron is one of the youngest surfers in the event and looks at this contest as an opportunity to improve his level of surfing while competing against some of the world’s finest competitive longboarders. “It just pushes me more to be able to surf against guys that are at this level,” Aaron said. “It betters me as a surfer and I’m stoked to be in this event.”


Zack Howard : photo ASP Rowland/Covered Images

Lloy, who is currently rated 17th amongst his fellow ASP WLT competitors, compiled the highest heat total of the day, a 16.00 out of 20, and eliminated Rusty Kealuana (HAW) from the event. “I just kind of waited for the right ones,” Lloy said. “I knew that Rusty (Keaulana) was going to sit outside with priority, so I just wanted to pick a couple off to put the pressure on him and it worked out.”

Lloy used his local knowledge of San Onofre State Beach to dominate the heat over Keaulana and earned a Round 3 berth with the result. “I surf here every day,” Lloy said. “I grew up in Dana Point and I’ve been surfing here my whole life. It really helps knowing when some of the peaks are going to shift over. It’s really good to have that knowledge.”

Tomorrow’s Oxbow World Longboard Tour action will see today’s heat winners tackle the winners from Round 1. Round 3 action is expected to begin tomorrow at 7:30am local time.

For Oxbow World Longboard Tour event information including live scores and event photos log on to oxbowpro.com. For additional ASP information including the current ASP WLT ratings log on to aspworldtour.com


Jonathan Lacher : photo ASP Rowland/Covered Images

Oxbow World Longboard Tour Round 2 Results:
Heat 1: Steve Newton (USA) 15.25 def. Carlos Bahia (BRA) 8.25
Heat 2: Amaro Matos (BRA) 14.00 def. Brendan White (USA) 12.05
Heat 3: Tom Witt (USA) 13.90 def. Danilo Rodrigo (BRA) 11.50
Heat 4: Joe Aaron (USA) 13.75 def. Jackson Close (AUS) 13.30
Heat 5: Jamie Viudes (BRA) 14.00 def. Kai Lenny (HAW) 7.35
Heat 6: Ben Skinner (GBR) 10.20 def. Zack Howard (USA) 9.85
Heat 7: Brad Vetter (USA) 15.15 def. Kai Sallas (HAW) 14.65
Heat 8: Bryce Young (AUS) 11.75 def. Jed Morouse (USA) 8.90
Heat 9: Josh Constable (AUS) 15.00 def. David Kinoshita (JPN) 6.75
Heat 10: Tom Lloy (USA) 16.00 def. Rusty Keaulana (HAW) 12.75
Heat 11: Alex Salazar (BRA) 13.00 def. Eugene Teal (JPN) 8.70
Heat 12: Sam Bleakley (GBR) 13.90 def. Dino Miranda (HAW) 12.10
Heat 13: Josh Baxter (USA) 14.50 def. Alexis Deniel (FRA) 11.70
Heat 14: Cole Robbins (USA) 15.25 def. Anri Nabeshima (JPN) 4.25
Heat 15: Jonathan Lacher (FRA) 12.30 def. Keegan Edwards (HAW) 11.65
Heat 16: Jeremias da Silva (BRA) 9.75 def. Roger Barros (BRA) 9.25

Check the Live Scores


FONTE: http://www.surfersvillage.com/news.asp?id_news=37371

quinta-feira, 6 de novembro de 2008

Top Rankeados mostraram serviço em San Onofre-World Tour Longboard - 2ª e última etapa do Circuito Mundial


Top seeds shine Day 1 of Oxbow World Longboard Tour
Carlos Bahia : photo ASP Rowland/Covered Images





Oxbow WLT

ASP World Longboard Tour Event #2
San Onofre, San Diego California
5 - 9 November 2008

Live Scoring | Results/Photos/Videos etc

Top Seeds Shine on Day 1 of Oxbow World Longboard Tour

San Onofre -- The Association of Surfing Professionals (ASP) World Longboard Tour (WLT) saw top seeds Harley Ingleby (AUS), 25, Antoine Delpero (FRA), 23, and Bonga Perkins (HAW), 36, standout on the opening day of the Oxbow World Longboard Tour event in peaky two-to-three foot (1 metre) surf at San Onofre State Beach today.

The Oxbow World Longboard Tour event is a new addition to the ASP WLT, allowing the globe’s finest longboarding competitors a chance to earn the title of Oxbow World Longboard Tour and ASP World Longboard champion by the event’s end.

The first event of the ASP WLT saw Harley Ingleby (AUS), 25, win the Oxbow World Longboard Tour contest at Les Cavalliers in Anglet, France and the current ratings leader picked up where he left off by jumping out to an early lead in his Round 1 heat at San Onofre State Beach today. Ingleby made the best of the inconsistent conditions caused by the high tide and posted two solid scores on the way to his heat victory.

“It was pretty tough and I think the tide is hitting the high so it was really inconsistent,” Ingleby said. “I was just lucky that I got a bigger one right off the bat so I could relax a bit and the other guys were sort of scratching to get their first waves.” The heat victory moves Ingleby one step closer to the coveted ASP World Longboard Champion title, but the young Australian is trying to approach this event as he would any other contest.


Harley Ingleby : photo ASP Rowland/Covered Images

“I’m trying not to think about it too much and just surf as if it’s any other contest and get as far as I can,” Ingleby said. “A lot of the boys have asked me if I’ve counted up the points and all that and honestly I haven’t really looked. I’m just trying to not really look at it.”

Perkins proved his surfing ability stretches far beyond the heavy waves he’s familiar with at home on the North Shore of Oahu, Hawaii by posting one of the day’s highest single wave scores of a near-perfect 9.10 out of a possible 10 in the small, peaky surf on offer in his opening heat.

“There are pretty soft waves out there, really peaky, and nothing was really linking up for me, but all you need is one,” Perkins said. “I’m happy to get that one and get the cobwebs out.” Perkins started the wave off with a huge forehand blast and followed up with several powerful carves to earn the impressive score.

“I didn’t know that the judges were going to give me that high of a score,” Perkins said. “I just wanted to get that big hit on the outside. I know that the judges are looking for the outside maneuvers especially when there are not many sets coming through. Luckily I got that one big hit on the outside and followed it up with some one the inside.”


Jackson Close : photo ASP Rowland/Covered Images

Matthew Moir (ZAF), 31, who is currently rated fifth on the ASP WLT, was also a standout in Round 1 today, earning the day’s highest heat total of 17.15 out of a possible 20 and advanced confidently into Round 3 over longtime competitor Alex Salazar (BRA) and Brad Vetter (USA). The stylish longboarder found the wave needed to claim his Round 1 win in the remaining minutes of his heat and was thrilled with the result.

“Alex (Salazar) has always been a long time competitor and I’ve never actually beaten him, so I was amping for it,” Moir said. “The waves came through and I was a little bit nervous on that first one and I got quite a good score and I tried to get a few inside ones and it went flat. All of a sudden that one came through at the end and I got a good score, so I’m stoked on that one.”

The innovative goofy-footer combined several progressive maneuvers with classic nose riding to dominate his opening heat. It was obvious that Moir felt right at home at San Onofre State Beach today, as Moir claims that the famed cobblestone reef-break reminds him of his local surf spot in South Africa.

“It’s very similar to what I ride back home,” Moir said. “I’ve been here a couple of times, so If you get the right one that actually links up it’s a good wave. You can do a lot of modern maneuvers and a lot of old school nose riding, so at least you can do a whole variety and it’s really good for longboarding.”


Dino Miranda : photo ASP Morris/Covered Images

Current ASP WLT No. 2, Delpero, advanced directly into Round 3 of the Oxbow World Longboard Tour event as well. The young French talent made the best of a wave starved heat and is satisfied about his Round 3 berth. “There were not enough waves in that heat,” Delpero said. “It was just peaks and no wall so it was difficult to make some turns, but it’s good, I got first so I’m into the next round.”

Delpero, who was the runner-up to Ingleby at the Oxbow World Longboard Tour event in Anglet, France, is in contention to take the 2008 ASP WLT title from the hungry Australian with a strong enough result here at San Onofre State Beach.

“It would be perfect, but we’re going to see, you never know,” Delpero said. “I hope we have some good waves and I will do my best.” The Oxbow World Longboard Tour at San Onofre State Beach will reconvene tomorrow with Round 2. For all of your Oxbow World Longboard Tour event needs including event photos and live scores log on to oxbowpro.com


Joe Aaron : photo ASP Rowland/Covered Images

Check the Live Scores

Oxbow World Longboard Tour Round 1 Results:
Heat 1: Kekoa Uemura (HAW) 13.75, Jackson Close (AUS) 8.25, Rusty Keaulana (HAW) 7.35
Heat 2: Troy Mothershead (USA) 11.40, Danilo Rodrigo (BRA) 10.50, David Kinoshita (JPN) 5.75
Heat 3: Jared Neal (AUS) 14.15, Amaro Matos (BRA) 14.10, Jed Morouse (USA) 8.00
Heat 4: Matthew Moir (ZAF) 17.15, Alex Salazar ( BRA) 12.20, Brad Vetter (USA) 13.80
Heat 5: Colin McPhillips (USA) 15.50, Tom Lloyd (USA) 11.80, Zack Howard (USA) 4.03
Heat 6: Ned Snow (USA) 17.15, Carlos Bahia (BRA) 10.75, Kai Lenny (HAW) 4.75
Heat 7: Bonga Perkins (HAW) 14.85, Josh Constable (AUS) 12.85, Joe Aaron (USA) 12.50
Heat 8: Harley Ingleby (AUS) 13.00, Steve Newton (USA) 10.70, Ben Skinner (GBR) 6.50
Heat 9: Antoine Delpero (FRA) 13.60, Kai Sallas (HAW) 11.75, Brendan White (USA) 10.15
Heat 10: Phil Rajzman (BRA) 11.75, Bryce Young (AUS) 9.80, Tom Witt (USA) 9.35
Heat 11: Eduardo Bage (BRA) 14.50, Eugene Teal (JPN) 8.50, Dino Miranda (HAW) 7.75
Heat 12: Damien Castera (FRA) 11.65, Alexis Deniel (FRA) 9.75, Jamie Viudes (BRA) 8.10
Heat 13: Romain Maurin (FRA) 10.80, Sam Bleakey (GBR) 8.65, Cole Robbins (USA) 8.45
Heat 14: Taylor Jensen (USA) 16.75, Josh Baxter (USA) 7.50, Keegan Edwards (HAW) 7.25
Heat 15: Timothee Creignout (FRA) 10.90, Jeremias de Silva (BRA) 10.15, Andri Nabeshima (JPN) 5.80
Heat 16: Duane de Soto (HAW) 13.70, Roger Barros (BRA) 13.65, Jonathan Larcher (FRA) 9.05

Oxbow World Longboard Tour Round 2 Trials Results:
Heat 1: Joe Aaron (USA) 11.10, Tom Witt (USA) 10.05, Makanae de Soto (HAW) 7.90, Kevin Osborne (USA) 5.30
Heat 2: Steve Newton (USA) 14.25, Brendan White (USA) 12.55, Noah Shimabukuro (HAW) 10.90, Sean Hagar (USA) 10.05

Oxbow World Longboard Tour Round 1 Trials Results:
Heat 1: Tom Witt (USA) 12.00, Joe Aaron (USA) 11.75, Michael Gee (USA) 8.35, Dennis Bourg (USA) 5.70
Heat 2: Makanae de Soto (HAW) 10.25, Kevin Osborne (USA) 9.55, Robledo Oliveira (BRA) 7.70, Darren Ledingham (USA) 5.75
Heat 3: Brendan White (USA) 11.75, Steve Newton (USA) 8.55, Gabriel Nasceimento (BRA) 7.10, Brett Heimstra (USA) 4.75
Heat 4: Noah Shimabukuro (HAW) 12.65, Sean Haggar (USA) 12.35, Christian Wach (USA) 11.50, Tony Silvagni (USA) 10.70

quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Centrais Nucleares perto de Jeffrey's Bay e de outros picos - África do Sul

Segundo a última edição da revista norte-americana Surfing, está prevista para breve a construção de centrais nucleares em diferentes locais da costa da África do Sul. A culpa, refere o artigo, é da crise eléctrica que se abateu sobre a África do Sul e que tem provocado sucessivos apagões nas mais diversas regiões do país. Para solucionar a escassez de energia e a procura que se prevê para os próximos anos, a Eskom, o fornecedor de energia sul-africano, viu-se obrigada a planear o aumento para o dobro a sua capacidade de oferta.

Assim, a companhia tratou de projectar cinco novas centrais nucleares, sendo que três destas estão previstas para junto de ondas de classe mundial. Uma para Bantamsklip, na Cidade do Cabo, outra junto a um pico secreto na Costa Oeste e a terceira em Thyspunt, localizada a poucos quilómetros de Jeffrey’s Bay. Para além da perigosidade inerente a este tipo de solução energética, a Surfrider Foundation Supertubes, sediada em J-Bay, já veio a público dizer que este projecto poderá ter um impacto tremendamente negativo para Jeffrey’s e para toda a região do Cabo de St.Francis. Tal acontece porque este tipo de centrais precisam de um fornecimento de água massivo para arrefecer os condensadores e, na sequência desse processo, a água enviada de novo para o oceano poderá estar excessivamente quente e poluída.

A Surfrider Foundation Supertubes lançou uma petição online que podes conhecer aqui. Fica atento ao site da SURFPortugal para mais notícias sobre esta questão.

Fonte: SurfPortugal Online

terça-feira, 4 de novembro de 2008

Começa hoje a prova que irá atribuir o título 2008 de Campeão Mundial de Longboard 2008

Fonte: www.aspworldtour.com
(Copiado na íntegra)


Oxbow World Longboard Tour
Stop No. 2 of 2 on 2008 ASP World Longboard Tour
San Clemente, California, United States of America
November 5 - 9, 2008

ASP World Longboard Champion Crowned this Week at Oxbow World Longboard Tour

Pivture by: Asp/CoveredImages-Rowland©2008
Pictured: Colin McPhillips (USA), 33, former three-time ASP World Longboard Champion, is gearing up for this week’s Oxbow World Longboard Tour event at Southern California’s San Onofre State Beach.

SAN CLEMENTE, California (Monday, November 3, 2008) – The Association of Surfing Professionals (ASP) World Longboard Tour (WLT) will crown the 2008 ASP World Longboard Champion this week at the Oxbow World Longboard Tour event at Southern California’s iconic San Onofre State Beach.

With a rich surfing history surrounding the venue, this week’s Oxbow World Longboard Tour event is sure to enhance San Onofre State Beach’s legendary place in surf culture. The event marks the last of two ASP WLT events, running from November 5-9, with all of the finest longboarding competitors out to claim the title of ASP World Longboard Champion. The event is a new addition to the ASP WLT, as it was not included in last year’s series.

The first ASP WLT event saw Harley Ingleby (Coffs Harbour, AUS), 25, take a win at the Oxbow World Longboard Tour event at Les Cavalliers in Anglet, France last May and will be out to defend his ratings lead in the final contest at San Onofre State Beach. The talented Australian has yet to compete at the new event location, but hopes there will be a solid swell on tap while he works towards claiming his first ASP WLT title.

“San Onofre State Beach can definitely be a fun wave to surf when there is a bit of swell running,” Ingleby said. “It’s a great place to hang out all day with your friends. I've surfed San Onofre State Beach a bit in the last six or so summers that I have spent over in California, but I haven't surfed it in any competitions yet.”

Colin McPhillips (San Clemente, CA), 33, former three-time ASP World Longboard Champion and current No. 5 on the ASP WLT, is the local favorite entering the event, and the seasoned longboarding professional sees the addition of the Oxbow World Longboard Tour event at San Onofre State Beach as a significant event for up-and-coming professionals to establish themselves amongst the world’s finest competitive longboarders.

“The significance of having a World Longboard Tour for the guys is huge,” McPhillips said. “It gives the young guys something to strive for. Most top guys growing up want to be able to get out there and show their stuff. This gives them the opportunity to go head to head with the best guys around the world.”

Josh Baxter (San Clemente, CA), 38, former three-time regional longboard champion, is another local excited to have an ASP WLT event in his hometown.

“I think Oxbow is awesome!” Baxter said. “Over the past twenty years, they’ve really been the only company that has supported longboarding. They stage their world championships every year and allow us to have an ASP World Longboard Champion. They believe in longboarding so much that I would really like to see them make it in the U.S. We have such a strong longboarding community here – it’s a much more family-oriented sport and it would be great to see people supporting Oxbow since they’ve been putting money up and supporting us for so long.”

Although suffering an early exit from May’s Oxbow World Longboard Tour event and taking himself out of contention for the 2008 ASP World Longboarding Title, Baxter remains motivated, driven to utilize his local knowledge to secure an event victory at San Onofre State Beach.

“I had a pretty bad result in France so I’m pretty much out of the running for the ASP World Title,” Baxter said. “Still though, I think it’s made me that much hungrier to put in my best performance and walk away with the money off that beach.”

Ingleby, McPhillips and Baxter will have their work cut out for them as they battle 48 of the world’s best longboarders including Phil Rajzman (BRA), reigning ASP World Longboarding Champion and current No. 3 on the 2008 ASP WLT, Antoine Delpero (FRA), current No. 2 on the 2008 ASP WLT, and Bonga Perkins (HAW), current No. 3 on the 2008 ASP WLT.

The Oxbow World Longboard Tour event will begin Wednesday, November 5, 2008 and will run through Sunday, November 9, 2008.

This week’s Oxbow World Longboard Tour event will decide the 2008 ASP World Longboard Champion.

The event will be webcast LIVE tune...

For additional ASP information log on to www.aspworldtour.com or www.aspnorthamerica.org

domingo, 2 de novembro de 2008

Rémy Arauzo Vence ETL 5 estrelas (5000 euros) em Faro



Notícia retirada de www.conquilha.com


O francês Rémy Arauzo venceu este domingo o Forum Algarve Four Oceans, que decorreu desde quinta feira na Praia de Faro. Esta competição pontuou para os rankings do European Longboard Tour e do campeonato nacional de longboard. O melhor português foi Bruno Grandela.

Com sets de meio metro a um metro com formação razoável, uma ligeira brisa offshore e sob o brilhante sol do Algarve, a competição foi iniciada às 9h00, com a realização das meias finais e finais de longboard e retro boards.

Na competição de longboard, os dois portugueses em condições de chegar à final, Bruno Grandela e Eurico Gonçalves, não conseguiram deter a concorrência estrangeira, que veio a Portugal para amealhar o máximo número de pontos para o ranking europeu. Os portugueses acabaram por ficar-se pelas meias finais.



Na final, disputada entre Rémy Arauzo e Aurelien Meyneux, de França, e Ben Skinner e Sam Bleakley, do Reino Unido, os franceses levaram a melhor.

Rémy Arauzo, que ao longo do campeonato se mostrou o mais regular nas pontuações, fez valer a consistência do seu surf, face à maior espectacularidade dos britânicos, mas com notas mais irregulares.

Ben Skinner, que viria a ser 2º, teve mais de 10 minutos para conseguir uma onda de 6.75 pontos que o levaria ao primeiro lugar.

Enquanto Skinner estava atento aos dois picos que se encontravam em frente ao palanque, Arauzo optou claramente pelo pico da direita, fazendo uma onda até à areia que confirmou a sua vitória.

“Apanhei uma boa onda logo no início do heat e depois controlei até ao fim.” – declarou Rémy depois da final.

Skinner comentou as dificuldades sentidas nas ondas pequenas: “na final foi difícil apanhar as ondas certas. Tive que lutar bastante uma vez que as ondas eram pequenas.”

Das 674 ondas pontuadas pelos juízes durante o campeonato, o ainda campeão em título Ben Skinner efectuou a melhor do evento, com 9.00 pontos, bem como o melhor heat com 16.50.

O ranking europeu será actualizado nos próximos dias. No que se refere ao ranking português, Eurico Gonçalves fica na liderança, uma vez que Bruno Grandela se apresentou para competir sem documentação federativa. A segunda e última etapa nacional está marcada para Dezembro, no Estoril.

A classificação final de longboard ficaria assim ordenada:

1º Rémy Arauzo (FRA)
2º Ben Skinner (UK)
3º Aurelien Meyneux (FRA)
4º Sam Bleakley (UK)
5º Bruno Grandela (POR)
5º James Parry (UK)
7º Eurico Gonçalves (POR)
7º Clément Le Ray (FRA)


Espírito cumpriu-se na competição de retro boards

Na competição de retro boards, o espírito cumpriu-se e os surfistas quiseram apenas mostrar como o surf é divertido e é um forte elo de ligação entre companheiros de ondas.

Sem o stress do resultado final, ainda que as notas estivessem a sair, os participantes empenharam-se em dar espectáculo surgindo aerials e 360 mesmo com mar pequeno.


Ben Skinner venceu e ganhou uma retro Ferox. Em segundo lugar ficou o português Bruno Charneca seguido por Rémy Arauzo e Adam Grifith.

Estiveram disponíveis pranchas de Stand Up Paddle disponibilizadas pela Oxbow. Ao longo dos vários dias de prova, vários surfistas tiveram oportunidade de experimentar esta recente tendência que consiste em sair de pé numa prancha volumosa com um remo e entrar na praia a surfar.

A Expression Session de SUP foi o pretexto para alguns surfistas já fora de competição mostrarem as potencialidades destas pranchas.

A classificação final nas retros ficaria assim ordenada:

1º Ben Skinner (UK)
2º Bruno Charneca (POR)
3º Rémy Arauzu (FRA)
4º Adam Grifith (UK)
5º Neto (POR)
5º Michael Schmitz (NDL)
7º João Almeida (POR)
7º Bruno Cruz (POR)


Pranchas clássicas em exposição no Fórum Algarve

Durante a competição esteve patente ao público uma exposição de pranchas clássicas no Forum Algarve. Uma votação efectuada pelo público premiou um modelo Mark Richards de 1974, na classe single fin, e uma Carabine de 1972, na classe twin fin.


A cerimónia de entrega de prémios decorreu no Forum Algarve. Estiveram presentes os surfistas, representantes do Forum Algarve, Câmara Municipal de Faro, presidente do Clube de Surf de Faro e sponsors do evento.



Nas declarações após a entrega dos prémios, os surfistas agradeceram a forma como foram recebidos em Portugal e sublinharam os aspectos que fazem deste evento algo único como o facto de serem transportados de barco para o local de prova.

A Formosamar transportou todos os surfistas e público presente nos seus tradicionais saveiros até à zona de prova tendo como pano de fundo a Ria Formosa. Este é um dos aspectos mais marcantes do evento, o único em Portugal onde todos os participantes são transportados de barco para o local de competição.

Esta iniciativa foi organizada pelo Clube de Surf de Faro por delegação da European Surfing Federation e da Federação Portuguesa de Surf. O official main sponsor foi o Forum Algarve.

Os apoios institucionais foram da Câmara Municipal de Faro, Junta de Freguesia do Montenegro, Instituto Português da Juventude. Apoiam o evento a Ferox, Oxbow, Santa Maria, Honda, Hotel Mónaco, Nau Catrineta, Havana Club, Formosa Mar e Central de Cervejas.

A divulgação foi assegurada pelo Conquilha.Com Press Center, Zona Radical e pela RUA FM Rádio Universitária do Algarve.


E para finalizar e em nome de todos os longboarders lusos, um grande Muito obrigado a todo o staff e organizador Manuel Mestre "Necas" que foram mais uma vez incansáveis em satisfazer tudo e todos... MUITO OBRIGADO!!! Para o ano estaremos ainda mais de volta!!!

domingo, 19 de outubro de 2008

PORTUGAL DE PRATA E BRONZE AO PEITO

Austrália vence pela 3ª vez consecutiva o ISA WSG!!
Foto: ISA/WSG-Carlos Pinto


Terminaram os ISA World Surfing Games. A Austrália é campeã do mundo pela terceira vez consecutiva, Portugal foi sexto classificado e conquistou um total de quatro medalhas: três no bodyboard e uma no Aloha Cup. Em 2009 os “Jogos Olímpicos do Surf” mudam-se para a América Central, onde a Costa Rica será o país anfitrião.

Chegou ao fim uma semana de grandes emoções na Costa da Caparica. Durante oito intensos dias, 29 selecções de todo o mundo defrontaram-se pelos títulos mundiais de surf, bodyboard e longboard. No final, a Austrália voltou a fazer a festa pela terceira vez consecutiva e pela quarta em seis edições dos ISA World Surfing Games (WSG), Portugal ganhou duas medalhas de prata — uma por equipa, no Aloha Cup, e outra individual por intermédio de Manuel Centeno (bodyboard) — além de duas de bronze — Hugo Pinheiro e Rita Pires (bodyboard).

“Fizemos um bom campeonato e, precisamente por isso, acho que os atletas mereciam mais. Mas no conjunto tenho de estar satisfeito com a prestação da equipa. Individualmente foram óptimos e funcionaram muito bem como equipa”, referia no final o seleccionador nacional José Braga, frisando que se no início o seu objectivo era um lugar no top 6, à medida que a semana foi avançando a vontade de chegar mais longe também.

Também os atletas sonhavam com mais, pelo trabalho que fizeram, pela qualidade do seu surf, por estarem no seu país. Mas, apesar disso, era o sentimento de dever cumprido que predominava entre os medalhados. “Foi uma disputa muito táctica e, com um mar pequeno como estava é sempre importante entrar logo bem. Queríamos dar a alegria do ouro a toda a gente que aqui nos veio a apoiar, mas não deu. Demos o nosso melhor e para o ano vamos lá [Costa Rica] buscar o título”, garante o sempre bem disposto Manuel Centeno.

Hugo Pinheiro, a surfar em casa, não escondia alguma desilusão por ter ficado pelo bronze. “Gostaria de ir mais longe, mas a prata e o bronze é muito bom, é mais uma prova de que o bodyboard nacional está em grande”, afirmava Pinheiro, salientando o facto de tanto ele como Centeno, como Rita Pires terem chegado à final depois de nunca terem perdido no quadro principal.

“Este último heat foi o que me correu pior em todo o campeonato. Não me consegui encontrar e nem consegui ter uma estratégia. Nesta altura qualquer uma das quatro podia vencer. E a vitória da Natasha [Sagardia] é a prova de que quem é persistente e acredita acaba por se dar bem”, analisou a pentacampeã europeia Rita Pires.

Da parte da organização portuguesa, a cargo do Centro Internacional de Surf, o balanço não podia ser melhor. “Correu muito bem. Tivemos os melhores surfistas, um tempo fabuloso e o público correspondeu e não deixou de apoiar os atletas”, afirmou Miguel Inácio. O presidente da ISA, Fernando Aguerre, por sua vez, destacou que, “este é um espectáculo de surf, mas acima de tudo das várias Nações do Mundo.”


CAMPEÕES DO MUNDO ISA WORLD SURFING GAMES 2008

Marcus Lima (Brasil) - Campeão do Mundo de Bodyboard - “Foi o meu primeiro título importante. Foi muito duro, apostei em gerir o desgaste físico ao longo do campeonato e pelos vistos resultou. Perdi na primeira final para os portugueses, mas consegui dar a volta e ser superior no momento mais importante.”

Natasha Sagardia (Porto Rico) - Campeã do Mundo de Bodyboard Feminino - “Não consigo parar de chorar, ainda não acredito que é verdade! Ontem magoei-me numa perna e pensei que estava tudo perdido, mas consegui recuperar a tempo e hoje apanhei as ondas certas.”

Sally Fitzgibbons (Austrália) - Campeã do Mundo de Surf Feminino - “Foi uma final extremamente difícil, com condições do mar complicadas. Este meu regresso a Portugal não podia ter corrido melhor, já que no ano passado foi também aqui, na Caparica, que me sagrei campeã do mundo de júniores. Na verdade estou a ter uma época de sonho com a vitória no WQS e a qualificação já garantida para o WCT.”

Matthew Moir (África do Sul) - Campeão do Mundo de Longboard - “Não é fácil vencer duas vezes seguidas os ISA WSG, mas a verdade é que o consegui e estou apostado fazê-lo uma terceira vez. Com um mar tão pequeno, tive de apostar num surf muito criativo que marcou a diferença e fez vibrar o público.”

CJ Hobgood (EUA) - Campeão do Mundo de Surf Masculino - “É muito bom ganhar o título, sobretudo porque este foi disputado pelos melhores atletas do campeonato. O mar estava difícil, mas fui para a água determinado em agarrar a oportunidade e quando chegou o momento avancei com determinação. Depois de ter ganho a etapa do WCT de Mundaka, sinto que estou realmente em forma!”

Welldone MATES!!!

sábado, 18 de outubro de 2008

Campeões do ISA World Surfing Games são conhecidos amanhã


PORTUGAL MEDALHA DE PRATA NO ALOHA CUP

ISA World Surfing Games
18 de outubro, 2008
Costa de Caparica, Portugal

Portugal esteve hoje a centésimos de segundo de conquistar a sua primeira medalha de ouro. O Aloha Cup, que hoje reuniu oito selecções na luta pelas medalhas, valeu mesmo assim a prata à frente de selecções tão fortes como a Austrália, o Brasil, os EUA ou a África do Sul.

O penúltimo dia do ISA World Surfing Games (WSG) teve um sabor agri-doce para Portugal. Se por um lado conquistou a sua primeira medalha, por outro viu mais dois atletas ficarem fora de competição. Mas o mais difícil de aceitar foi mesmo a perda do ouro para a França na Aloha Cup — uma estafeta do surf que reuniu oito selecções. Amanhã é o derradeiro dia do Mundial na Costa de Caparica, altura em que se ficará a saber quem são os campeões mundiais individuais e por nações.

“Foi um bom resultado, mas ao mesmo tempo um resultado frustrante”, referia no final Pedro Barbudo, seleccionador adjunto de Portugal. “Podíamos ter chegado ao ouro, mas isto é um jogo e a nossa opção podia ter dado certo ou não. Neste caso não deu, mas seja como for este foi o melhor resultado que alguma vez tivemos no Tag Team.” Portugal, com uma equipa composta por David Luís, Miguel Ximenes, Joana Rocha, Frederico Morais e David Raimundo, passou à final com a França, Costa Rica e África do Sul, tendo na meia-final eliminado o Brasil e os EUA. No próximo ano o desafio será vivido na Costa Rica onde se irá disputar mais uma edição dos ISA WSG, que de bianual passará a anual.

E se a manhã foi preenchida com a Aloha Cup, a tarde viu Miguel Ruivo regressar à água depois de cinco dias de espera. O veterano longboarder chegou à primeira final das repescagens, mas acabou eliminado, concluindo a sua prestação no Mundial na 8ª posição. “Correu como esperava ou mesmo melhor do que podia esperar no início da semana. No conjunto estou satisfeito com a minha prestação, mas não com este heat final que foi o que me correu melhor”, explicava à saída da água Ruivo, que quando percebeu que não dava para chegar ao segundo lugar acabou por oferecer a segunda onda ao britânico Ben Skinner, um velho conhecido que em 2007 se tinha sagrado campeão europeu em Portugal. Um gesto de classe que acabou por não ter efeitos na classificação, já que Skinner ficou ele também de fora da competição.

Um desaire que também bateu à porta de David Raimundo, que depois das boas exibições da véspera, não conseguiu hoje encontrar-se no mar e foi eliminado na bateria que disputou com Ben Bourgeois (37º do ranking Mundial) e Jason Torres, o costa-riquenho que foi uma das figuras do dia ao ir passando todos os heats até chegar à final, que disputará amanhã.

Manuel Centeno e Hugo Pinheiro entram amanhã na água para lutar pela revalidação dos seus títulos, respectivamente, campeão e vice-campeão mundial dos ISA WSG, enquanto Rita Pires é a outra esperança portuguesa para as medalhas. E, as expectativas são altas como admite o seleccionador José Braga. Neste momento, por países o Mundial é liderado pela Austrália — campeã em título — seguida dos EUA e da Costa Rica. Portugal ocupa a 7ª posição.

Sob a égide da International Surfing Association (ISA), esta é a maior organização de sempre promovida pelo Centro Internacional de Surf, depois dos grandes sucessos do EuroJunior 2004, EuroSurf 2005 e dos ISA World Junior Surfing Games 2007. A edição de 2008 dos ISA World Surfing Games conta com o patrocínio da Câmara Municipal de Almada e da Lightning Bolt e ainda com os apoios da Red Bull, Plantronics e Águas Glaciar.

Live feeds will run from: www.wsg2008.com
Or via www.isasurf.org

For further info and free high resolution photos, please contact International Surfing Association, Media Manager, Pablo Zanocchi at pablo@isasurf.org.

Portuguese Media contact: Gonçalo Bettencourt at goncalo.bettencourt@freelance.pt

PHOTOS
Usage-free high quality images each day’s events will be available for worldwide press use at www.wsg2008.com.

About International Surfing Association (ISA)
The International Surfing Association (ISA) is recognized by the International Olympic Committee (IOC) as the World Governing Authority for surfing, bodyboarding and surfriding. It was originally founded as the International Surfing Federation in 1964 and has been running world championships since 1964 and the Junior World Championships since 1980.

ISA membership includes the surfing National Governing Bodies (NGBs) of over 50 countries on six continents. Its headquarters are located in San Diego, California. It is presided by Fernando Aguerre, first elected in 1994 in Rio, and re-elected six times since. The ISA's four Vice Presidents are Alan Atkins (Australia), Robin de Kock (South Africa), Maile Aguerre (Hawaii) and Mike Gerard (USA).



Fonte: ISASURF

sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Raimundo mostra a sua raça nos ISA World Surfing Games


A Experiente Bodyboarder
Rita Pires, Local da Caparica
com o Orgulho da bandeira e já na final
de Bodyboard Feminino ISA WSG 2008.
Foto: Carlos Pinto-WSG2008

PINHEIRO E CENTENO SEGUEM PARA AS FINAIS

ISA World Surfing Games
17 de outubro, 2008
Costa de Caparica, Portugal

O bobyboard nacional continua a dar cartas nos ISA World Surfing Games. Depois de ontem Rita Pires ter garantido a passagem à final, hoje foi a vez de Manuel Centeno e Hugo Pinheiro fazerem o mesmo. O dia ficou ainda marcado por uma exibição cheia de raça de David Raimundo.

E ao sexto dia de competição Portugal garantiu mais uma passagem à final. Manuel Centeno e Hugo Pinheiro, respectivamente, medalha de ouro e medalha de prata na última edição dos ISA World Surfing Games (WSG), entraram cedo na água para as respectivas meias-finais e ambos garantiram a passagem à final onde voltarão a estar lado a lado. E se os dois bobyboarders seguem imparáveis no quadro principal, David Raimundo faz o mesmo nas repescagens do surf. Hoje voltou a demonstrar todo o seu surf em dois heats de grande emoção.

“Foi um heat de muito esforço. Mas acreditei até ao fim que era possível dar a volta ao resultado”, dizia no final do heat da manhã Raimundo, que levou o público ao rubro quando a cerca de 30 segundos do final e quando tudo indicava que seria eliminado, assumiu o comando da bateria. “A cerca de 1m30 do final apanhei uma onda e dei tudo o que tinha, depois já mesmo no final e sem fôlego apanhei uma de 7.10.” E, como o dia parecia ser de Raimundo, no segundo heat voltou a brilhar. “Ter apanhado uma onda de 8.00 logo no início e depois uma de 7.27 deu-me logo muita confiança e a motivação é tudo. Eu vim muito motivado e, sinceramente, não me interessa os adversários que apanho, interessa-me é surfar”, garante Raimundo, que na próxima ronda vai ter como adversário o norte-americano Ben Bourgeois, 37º do ranking Mundial e autor da melhor onda do dia (9.67).


Hugo Pinheiro e Manuel Centeno
com a alegria de
Frederico Morais-KIKAS-
ter passado mais um heat.
Foto: Carlos Pinto-WSG2008

E se a palavra de ordem é motivação, isso é o que não falta a Centeno e Pinheiro, que hoje voltaram a puxar dos galões na passagem à final. “Consegui achar-me no mar e apanhar duas ondas boas”, diz Pinheiro. Já Centeno, relembra que esta final, onde mais uma vez a cumplicidade e o trabalho de equipa vão ser decisivas, será mais uma meia-final.

“Ainda temos de garantir a finalíssima”, relembra, não escondendo que apesar de ter ficado insatisfeito com o seu heat — onde passou em segundo — o importante é assegurar que os objectivos da equipa são cumpridos. E é nisso que todos os elementos da selecção pensam, mesmo os que hoje foram eliminados (David Luís, Frederico Morais, Joana Rocha e Francisca Santos). “Estamos todos unidos até ao final estejamos ou não ainda em competição”, garantem.

O melhor score deste sexto dia (18.33) de competição foi conseguido pelo espanhol Pablo Gutierrez, que passou três heats sucessivos de repescagens sempre na primeira posição.

Sob a égide da International Surfing Association (ISA), esta é a maior organização de sempre promovida pelo Centro Internacional de Surf, depois dos grandes sucessos do EuroJunior 2004, EuroSurf 2005 e dos ISA World Junior Surfing Games 2007. A edição de 2008 dos ISA World Surfing Games conta com o patrocínio da Câmara Municipal de Almada e da Lightning Bolt e ainda com os apoios da Red Bull, Plantronics e Águas Glaciar.

Live feeds will run from: www.wsg2008.com
Or via www.isasurf.org

For further info and free high resolution photos, please contact International Surfing Association, Media Manager, Pablo Zanocchi at pablo@isasurf.org.

Portuguese Media contact: Gonçalo Bettencourt at goncalo.bettencourt@freelance.pt

PHOTOS
Usage-free high quality images each day’s events will be available for worldwide press use at www.wsg2008.com.

About International Surfing Association (ISA)
The International Surfing Association (ISA) is recognized by the International Olympic Committee (IOC) as the World Governing Authority for surfing, bodyboarding and surfriding. It was originally founded as the International Surfing Federation in 1964 and has been running world championships since 1964 and the Junior World Championships since 1980.

ISA membership includes the surfing National Governing Bodies (NGBs) of over 50 countries on six continents. Its headquarters are located in San Diego, California. It is presided by Fernando Aguerre, first elected in 1994 in Rio, and re-elected six times since. The ISA's four Vice Presidents are Alan Atkins (Australia), Robin de Kock (South Africa), Maile Aguerre (Hawaii) and Mike Gerard (USA).

Fonte: ISASURF.org

onetrackmind


quinta-feira, 16 de outubro de 2008

WSG Dia 6– A Local RITA PIRES “BRILHA” EM CASA E ESTÁ NA FINAL




Foi um dia feliz para o bodyboard nacional nos ISA World Surfing Games. Rita Pires, a jogar em casa, garantiu a passagem à final, enquanto Manuel Centeno e Hugo Pinheiro fizeram um bom trabalho de equipa e transitaram para as meias-finais.

Uma final e duas meias-finais foi o resultado de um dia onde os bodyboarders da selecção portuguesa mostraram todo o seu valor. As primeiras emoções foram vividas com Manuel Centeno e Hugo Pinheiro nos quartos-de-final, ainda durante a manhã. À tarde, foi a vez de Rita mostrar o seu surf e garantir a passagem à final. Entre os estrangeiros, o norte-americano CJ Hobgood fez a melhor onda do dia (9.00), enquanto o australiano Kai Otton conseguiu o melhor score (17.10). Amanhã novas emoções são esperadas com Centeno e Pinheiro novamente na água a defenderam a passagem à final.

“Não podia ter corrido melhor. Cumprimos o nosso objectivo que era passarmos os dois”, garantia à saída da água Hugo Pinheiro. Já Manuel Centeno, apesar de satisfeito com o resultado final — não só passou às meias como ficou em primeiro no heat — admitia que o facto de tudo ter sido “muito táctico” não lhe tinha agradado. “O mar estava pequeno e tentei entrar com duas ondas boas. Como estava à frente tive de marcar o terceiro [Emiliano Tabare], que é meu amigo e isso é sempre uma situação chata. Mas a passagem do Hugo era minha responsabilidade e aqui é a selecção que conta”, explicou Centeno, frisando que entre ele e Pinheiro este tipo de ajuda já não é novidade. “Na Califórnia [ISA WSG] foi ele que teve de marcar o adversário que me podia ameaçar”, recordou, salientando que já só pensa na meia-final que vai acontecer amanhã.

E se o sector masculino esteve à altura do desafio, o feminino, representado por Rita Pires, também. A atleta da Costa de Caparica encontrou na sua meia-final uma velha conhecida, a francesa Heloise Borroux, tetra-campeã europeia, quarta classificada na última edição dos ISA WSG, e uma adversária de peso. “A Heloise é uma adversária importante, mas tenho a vantagem de a conhecer bem e saber as opções tácticas que por norma toma”, referiu Rita, frisando que esse facto foi importante neste caso específico. “Ela costuma optar pelas esquerdas e aqui eram as direitas que estavam a dar e foi essa a minha opção”. Uma opção correcta e que a colocou na liderança do heat e na final. “O mar está sempre a mudar. Vamos com muita força para a primeira final e veremos o que acontece. Tomar as opções certas é fundamental”, garante.

Apesar das atenções terem estado centradas no bodyboard, o surf também esteve em destaque por intermédio de David Luís, que durante a manhã, nas repescagens, teve uma grande prestação liderando quase todo o heat à frente do australiano Dayyan Neve, 18º do ranking mundial e autor da única onda com pontuação máxima (10) realizada até agora no campeonato. “Liderei sempre mas no fim cometi um erro e o Neve passou para a frente. Estava com prioridade no fim do heat, mas remei para a primeira onda e deixei-o livre para apanhar a segunda, que por acaso era melhor”, admite David Luís, que amanhã regressa à água. Joana Rocha, que disputava os quartos-de-final do quadro principal, foi remetida para as repescagens, enquanto Francisca Santos, seguiu em frente nas repescagens.
FREE LANCE - Comunicação

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

World Surfing Games-dia 5- Portugal continua em Força!

Foto: Francisco Rivotti/WSG 2008
DAVID LUÍS SEGUE EM FRENTE E XIMENEZ PERDE

O surfista David Luís passou a bateria em 1º lugar qualificando-se para a fase seguinte enquanto Miguel Ximenez foi hoje eliminado nos ISA World Surfing Games 2008 que decorrem até Domingo, na Costa de Caparica. Foi mais um dia com balanço positivo para a selecção portuguesa.

David Luís passou a bateria em 1º lugar e já está na fase seguinte da competição. Foto: Francisco Rivotti/WSG 2008

O surfista David Luís passou hoje a sua bateria em 1º lugar qualificando-se para a fase seguinte enquanto Miguel Ximenez foi eliminado nos ISA World Surfing Games 2008 que decorrem até Domingo, na Costa de Caparica. As ondas estão com meio metro.

Resultados:

1- David Luís (POR)
2- Kai Ojima (JPN)
3- Pablo Solar (SPA)
4- Jose Diaz (SAL)

1- Chris Dennis T&T
2- Tatsuki Inoue JPN
3- Miguel Ximenes POR
4- Alfo Scavone (ITA)

Foi mais um dia com balanço positivo para a selecção portuguesa nos ISA World Surfing Games. O apuramento de Manuel Centeno e Hugo Pinheiro para os quartos-de-final e de Rita Pires para as meias-finais do quadro principal de bodyboard, colmataram um pouco a primeira baixa sofrida com a eliminação de Miguel Ximenez nas repescagens de surf Open.

O espanhol Pablo Gutierrez, foi a figura do dia com a melhor onda (9.00) e o melhor score (16.83) ex-aequo com o australiano Dayyan Neve.

O bobyboard nacional esteve hoje mais uma vez de parabéns. Manuel Centeno (medalha de ouro em 2006 nos ISA World Surfing Games) e Hugo Pinheiro (medalha de prata no mesmo ano) garantiram a passagem aos quartos-de-final, indo partilhar o mesmo heat já amanhã. Por sua vez, no sector feminino, Rita Pires carimbou a passagem às meias-finais.

Rita Pires, que passou em segundo no seu heat, carimbando a passagem às meias-finais terá agora pela frente a francesa Heloise Borroux, quarta classificada na última edição dos ISA WSG em 2006, tetra-campeã europeia e vice-campeã mundial em 2005.

Amanhã o dia será longo. Surf open e feminino, bodyboard masculino e feminino e longboard preenchem o programa, que colocará em prova Joana Rocha, Francisca Santos e David Luís (surf), Rita Pires, Manuel Centeno e Hugo Pinheiro (bodyboard).

Sob a égide da International Surfing Association (ISA), esta é a maior organização de sempre promovida pelo Centro Internacional de Surf, depois dos grandes sucessos do EuroJunior 2004, EuroSurf 2005 e dos ISA World Junior Surfing Games 2007.

A edição de 2008 dos ISA World Surfing Games conta com o patrocínio da Câmara Municipal de Almada e da Lightning Bolt e ainda com os apoios da Red Bull, Plantronics e Águas Glaciar.

Acompanha a prova em directo www.wsg2008.com ou www.isasurf.org.


Hugo Pinheiro em acção na Caparica. Foto: Francisco Rivotti/WSG 2008


Rita Pires surfou muito bem e carimbou a passagem às meias-finais do evento. Foto: Francisco Rivotti/WSG 2008

FONTE: www.surftotal.com

Freelance.


ALOHA para a "NOSSA" verdadeira selecção!

SEGUIDORES DESTE BLOG!- SUBSCREVE!!

Tempo via Satélite

Translate Blog to your language

Arquivo do blogue